jóias

INDENIZAÇÃO ROUBO JÓIAS CAIXA SANTOS| Procon se reúne com MPF em busca de solução para clientes da Caixa

Unidade bancária foi furtada no ano passado. Joias penhoradas foram levadas durante a ação.

O impasse envolvendo possível ressarcimento dos clientes da Caixa Econômica Federal que tiveram as joias penhoradas furtadas durante invasão de quadrilha à unidade do Centro, em dezembro, continua.

Representantes do Procon-Santos e o procurador da República Roberto Farah Torres se reúnem na terça-feira (13), às 15 horas, na sede do Ministério Público Federal (MPF) na Cidade para discutir o assunto.

O objetivo é encontrar uma forma de reparação para os clientes da Caixa que penhoraram bens no banco e foram prejudicados.

Reclamações

 

Ao todo, três mutirões foram realizados pelo órgão com a finalidade de atender consumidores que tiveram joias penhoradas roubadas na agência do Centro de Santos. O mais recente aconteceu na última segunda-feira (26), quando foram atendidas 950 vítimas.

À Reportagem, o coordenador do Procon explicou que mesmo aqueles que não puderam comparecer aos mutirões organizados pelo órgão, ainda poderão formalizar queixa contra o banco nos dois postos de atendimento do Procon montados nas universidades da região. Os serviços são oferecidos nas unidades localizadas no Unimonte (Rua Comendador Martins, 52) e na Unimes (Rua Barão de Paranapiacaba, nº 28).

“É importante destacar ainda que, mesmo aqueles que não registrarem a reclamação no órgão, ainda assim poderão se beneficiar de eventual ação civil pública, que vier a ser ajuizada pelo Ministério Público Federal”, explicou.

 

FONTE: ATRIBUNA.COM

 

 

 

O CONSUMIDOR QUE QUISER FAZER SUA RECLAMAÇÃO POR CONTA PRÓPRIA NA JUSTIÇA DEVE PROCURAR ADVOGADO ESPECIALISTA DE SUA CONFIANÇA. DESSA FORMA O PROCESSO SERÁ ACOMPANHADO PELO PROFISSIONAL E ELE FARÁ TODOS OS PEDIDOS E INTERVENÇÕES DEVIDAS, COM UM ATENDIMENTO PERSONALIZADO PARA CADA CLIENTE.

 

 

 

DÚVIDAS SOBRE DIREITO DO CONSUMIDOR ENTRE EM CONTATO